Mais de 305 mil famílias goianas cadastradas no Bolsa Família começam a receber a partir do dia 18 

Caixa Econômica Federal divulgou, nesta terça-feira (05), o calendário de pagamentos do Bolsa Família para o ano de 2021 

A Caixa Econômica Federal divulgou, nesta terça-feira (05/01), o calendário de pagamento do Bolsa Família em 2021, com início no dia 18 deste mês para os beneficiários com NIS (Número de Identificação Social) final 1. O programa de distribuição de renda contempla 14 milhões de famílias em todo o país, 305 mil em Goiás. Em 2020, ano marcado pela crise econômica causada pela pandemia, mais de 40 mil famílias no Estado foram incorporadas ao Bolsa Família. 

O cronograma de pagamento segue contemplando, no dia 29 de janeiro, os beneficiários com NIS de final 0. O calendário de pagamento vai até o dia 23 de dezembro, data de pagamento deste último grupo. 

A titular da Seds, Lúcia Vânia, destaca que o governo de Goiás viabilizou a inclusão desse maior número de famílias em função de tratativas com o governo federal. “São famílias que estavam na fila de espera e hoje estão recebendo o benefício de transferência de renda”, afirma a secretária. 

Segundo dados da Superintendência de Desenvolvimento, Assistência Social e Inclusão da Secretaria de Desenvolvimento Social de Goiás, 305 mil famílias já são atendidas pelo programa em Goiás. Mensalmente, R$ 50 milhões são pagos em média às famílias beneficiárias. 

O Bolsa Família é um programa criado pelo governo federal para o combate à pobreza e à desigualdade. O valor médio do benefício é de R$ 159,32, destinado a atender famílias em condições de extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa; ou cuja renda per capita esteja entre R$ 89,01 e R$ 178. Para permanecer no programa, as famílias devem manter as crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos em compromissos que reforçam o acesso à educação, à saúde e à assistência social. 

O primeiro passo para aderir ao programa é o responsável pela família procurar uma sede do Cras de seu município, ou um posto de atendimento do Bolsa Família, com documentos de identificação pessoal, como carteira de identidade ou carteira de motorista, e certidão de nascimento de todos os membros que moram na mesma residência e fazer a inscrição.

Confira aqui o calendário de pagamentos do benefício social Bolsa Família para 2021.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.