Lúcia Vânia fala aos servidores como nova titular da Seds-GO

A ex-senadora Lúcia Vânia Abrão se apresentou nesta sexta-feira (4/10) aos servidores como nova titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Goiás (Seds-GO). Em cerimônia de transmissão do cargo ao lado do agora ex-secretário Marcos Cabral, no auditório da pasta, na Praça Cívica da capital, Lúcia Vânia falou dos desafios que pretende enfrentar no órgão e pediu o apoio de todos.

Em sua fala, Cabral, que foi designado pelo governador para comandar a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), se despediu enaltecendo o trabalho realizado até aqui e agradeceu aos servidores pelo apoio. “Deixamos R$ 23,9 mihões em convênios, um diálogo aberto com os conselhos e licitações avançadas em várias áreas. Deixo aqui o meu abraço a todos os servidores, gerentes e superintendentes que nos apoiaram nesse processo de transição do governo anterior para este”, disse Cabral.

Lúcia Vânia começou agradecendo a Marcos Cabral, lembrando da relação de amizade e parceria que mantém com eles desde que ela era deputada federal e senadora e ele prefeito de Santa Terezinha de Goiás, cidade a cerca de 300 quilômetros de Goiânia. “Sei da sua lealdade ao governador e tenho certeza de que receberei aqui uma secretaria imbuída da melhor gestão pública”, disse a ex-senadora.

Em seguida, dirigindo-se aos servidores, a nova titular da Seds-GO enalteceu o quadro de fucionários da pasta, remetendo às origens do órgão, com criação da Secretaria de Estado do Trabalho e Ação Social, em 1961. “Quero conversar com cada um de vocês, sei da importância de todos para o sucesso do nosso trabalho”, disse a nova secretária.

Abordando a ação social do governo, citou desafios (“socioeducativo será o maior deles”) e teorizou sobre o que seria, na visão dela, a verdadeira função da assistência social. “Assistência social não é para reforçar desiguldades e sim promover acesso a direitos e ascensão social das pessoas mais vulneráveis”, afirmou.

Falando na transversalidade das políticas públicas de assistência social, Lúcia Vânia as ligou à educação, citando o Bolsa Família, programa do governo federal. “Precisamos usá-lo [o programa] para atrair toda a família para a ascenção social. Manter filho na escola também faz parte da assistência social, ter escola de tempo integral tira a criança dos diversos tipos de assédio, isso também é assistência social”, afirmou.

Por fim, a secretária reforçou o pedido de apoio ao quadro funcional da pasta dizendo estar aberta a todos. “Aqui não tem secretária lá em cima e vocês embaixo, somos todos servidores, cumpridores de suas funções”, encerreou Lúcia Vânia agradecendo pela acolhida.

Com o governador

Mais cedo, Lúcia Vânia esteve na cerimônia de posse com o governador Ronaldo Caiado, no auditório Jaime Câmara, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira. A primeira-dama Gracinha Caiado também assinou como testemunha, no evento que contou com as presenças de servidores do Estado, autoridades e apoiadores de Lúcia Vânia.

“Lúcia Vânia tem uma história política, uma voz respeitada em Goiás e no cenário nacional. Não é justo que uma mulher com tal potencial, inteligência, determinação e prestígio não esteja contribuindo para o desenvolvimento do nosso Estado de Goiás”, disse o governador. Segundo Caiado, o objetivo é que a nova secretária traga cada vez mais maior visibilidade e amplas parcerias para Goiás aprimorar o trabalho social do Estado chega ao cidadão.

“Assumo essa responsabilidade que me foi delegada pelo governador e pela primeira-dama Gracinha Caiado com muita satisfação e com muito entusiasmo porque sei que terei o apoio de todo o governo”, disse Lúcia Vânia. Ela destacou diversos pontos que pretende trabalhar na Seds, como a integração de políticas sociais com as áreas da educação, saúde, segurança pública, esporte e lazer.

Currículo

Lúcia Vânia Abrão é natural de Cumari (GO) e formada em jornalismo pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Senadora da República de 2003 a 2019, foi a primeira deputada federal eleita por Goiás, quando participou da então Assembleia Nacional Constituinte de 1988.

Acumula diversas atuações de destaque no país, como secretária Nacional de Assistência Social no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995). Nessa época, foi responsável pela implantação da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), lançou o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e criou o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), premiado pela Unicef/ONU.

Assessoria de Imprensa / Seds

04/10/2019