Seds reúne coordenadores municipais de programas sociais

Coordenadores locais dos programas sociais do estado de 71 municípios goianos participaram de uma capacitação nesta terça-feira (10/9), promovida por diversos servidores da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Goiás (Seds-GO).

O evento, realizado ao longo do dia no Auditório Principal da pasta, foi aberto pelo secretário Marcos Cabral e contou com palestras dos superintendentes Isismar Gomes, Thaís Moraes, Edumont Parreira Jr.e gerentes que cuidam de cada uma das políticas sociais da pasta.

Cada coordenador vai acompanhar os programas sociais executados pela Seds em todo o Estado.

O treinamento envolveu informações sobre o funcionamento de políticas públicas voltadas aos jovens (Jovem Aprendiz), pessoa idosa (Passaporte do Idoso) e pessoa com deficiência (Passe Livre do Deficiente e Carteira de Identificação do Autista).

Informações de departamento de pessoal também foram repassadas aos coordenadores, que serão os representantes da Seds-GO em suas localidades, agindo como suportes da pasta em suas respectivas cidades.

“Quero pedir às senhoras e senhores que olhem com carinho a questão dos novos critérios sociais que estamos implementando nesses e noutros programas que virão. Queremos que essas políticas passem a chegar a quem realmente precisa e os senhores terão um papel fundamental nesse processo”, disse o secretário durante o evento.

Cabral também pediu cautela aos novos servidores quanto à possíveis divergências com lideranças políticas municipais cuja posição seja divergente. “Não trabalhamos com cor partidária na gestão do estado e quem está assumindo essa responsabilidade precisa estar ciente disso”, frisou.

A programação contemplou ainda uma oficina de preenchimento de cadastros para emissão de Passaporte do Idoso, Passe Livre da Pessoa com Deficiência e Carteira de Identificação do Autista.

Impressões

“Foi muito proveitoso, saímos daqui com uma boa noção de como acompanhar essas políticas nas nossas cidades e com um avanço, na minha opinião, que é com relação à carteira para o autista. Esse é um público que carece muito de atenção”, disse Giselda Maia, coordenadora do município de Uirapuru.

Coordenador em Rianópolis, Jailson Barbosa, também elogiou o formato do treinamento, apesar do volume de informações. “É muita coisa para pegar de uma vez, mas achei bom, bem didático. Agora é começar lá no município e ir tirando as dúvidas que aparecer”, comentou.

Mesma impressão teve Lucília Bento Xavier Santos, de Minaçu: “foi esclarecedor e prevejo que será gratificante, mas vai exigir muito de nós lá na ponta”, finalizou.

 

Assessoria de Imprensa / Seds

10/09/2019